sexta-feira, 22 de abril de 2011

Tralhas da Vida – O Primeiro Livro a Nascer no Facebook

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, tem mais um feito a juntar à lista de curiosidades da sua rede social. Além de 350 milhões de utilizadores, agora já há um livro inteiramente escrito no Facebook. "Tralhas da Vida - Crónicas Desencantadas no Facebook" reúne histórias do dia-a-dia, poemas e outras aventuras, contadas num tom familiar, divertido e vivo. Francisca Prieto fala de crianças, de moda, tecnologia e de memórias. A mãe de quatro crianças, que deixou a carreira em publicidade para se dedicar à família, também discorre sobre temas corriqueiros: "Cheguei à conclusão que a actual escassez destas pérolas verbais culturalmente latinas não se deve apenas ao facto de estarmos mais crescidas e de sermos alvos menos apetecíveis. A culpa, para variar é do Governo. Sim, do Governo, que toma medidas idiotas sem pensar nas repercussões gravíssimas que estas poderão causar na auto-estima da população feminina. Em primeiro lugar, facilita a imigração de trabalhadores de Leste. Ora um homem de Leste é trolha educado, concentrado e fino."

CASA DA AVÓ: Quando Francisca Prieto, de 38 anos, se juntou à comunidade que tem mais de um milhão de portugueses, estava longe de imaginar que ia publicar um livro. "Inscrevi-me porque tenho uma filha com síndrome de Down e faço parte da APPT 21 [Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21] e achei que era uma boa forma de divulgar as nossas acções." Mas depois da primeira história que escreveu, o Facebook passou a funcionar quase como um diário. Ao descobrir que a antiga casa da avó, onde cresceu, tinha sido demolida, Francisca enviou um desabafo por email aos primos. Depois de o fazer, resolveu publicar as mais de 15 linhas no Facebook. Os comentários não tardaram e nesse dia começou uma nova rotina: "A escrita funciona como terapia, faz-me sentir bem. Acho que sou a pessoa que mais se diverte com as minhas histórias."

FÉRIAS COM CRIANÇAS "Temos, entre todos [os amigos], tantos filhos e a confusão é tal que, quando somos visitados por qualquer incauto casal sem prole, fico com a certeza que funcionamos como uma espécie singular de contraceptivo." A crónica de Francisca foi uma das mais comentadas e uma das preferidas de Anne Marie Caragea. A editora lia as notas de Francisca através de um amigo comum, até que decidiu pedir para ser sua amiga. "Divertia-me tanto que lhe mandei um email a dizer que ela me alegrava os dias." A autora aceitou-a e o número de amigos ia aumentando tanto que decidiu criar outra página, "Tralhas da Vida", só com crónicas. Desde Novembro já tem quase 700 fãs.

Um deles terá lançado o desafio: "Por que não um livro?" Francisca achava que não tinha material suficiente e disse-o no Facebook. No momento seguinte, Anne desafiou-a. "Se quiseres, eu publico-te." E assim foi. "Falámos em Outubro, no mês seguinte estava pronto. As vendas estão a correr bem e já recuperamos o investimento. A Francisca conta histórias com as quais nos identificamos, sempre com um sentido de humor imbatível ou um lado poético", explica a editora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...