terça-feira, 5 de outubro de 2010

Como Escrever um Livro em Poucos Dias

Dicas valiosas para você que pensa em escrever um livro mas sente que algo está faltando.

Diz o provérbio que todas as pessoas deveriam plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. Todas essas ações implicam em deixar a nossa marca para além de nosso tempo de vida em uma tentativa de contribuir para o desenvolvimento da humanidade.

Neste artigo vou lhe ajudar a cumprir uma dessas três tarefas. Escrever um livro e deixar suas idéias registradas para posteridade. Se você já tem algumas idéias, é hora de assumir o desafio e traduzi-las em palavra escrita, em texto. Depois de conseguir fazer isso pela primeira vez, certamente você vai querer dar continuidade e criar novas obras.

É possível escrever um livro em poucos dias, mas você deve encarar isso como um trabalho em tempo integral. Para tanto, observe as dicas que seguem:

• Tenha em mãos um computador, seja um desktop ou notebook. Se você gosta de esboços em papel, prepare também um bloco de anotações e lápis ou caneta;

• Reserve o primeiro dia para trabalhar suas idéias. Você almeja escrever uma estória de ficção ou um livro técnico? Se for uma ficção, mentalize o enredo, os personagens e o roteiro. Saiba como vai começar, como termina e o que deve acontecer neste caminho. Busque inspiração na história real e em eventos da sua vida;

• Se você pretende escrever um livro técnico, seja da área de exatas ou humanas, escolha um tema de que você goste e tenha conhecimento a respeito. Visualize o benefício que a obra trará aos seus leitores, e como o conhecimento será apresentado de uma forma fácil de assimilar;

• Durante o segundo dia, faça uma descrição pormenorizada do seu livro. Prepare uma lista de tópicos e capítulos. Para livros de ficção, isso deverá ser feito conforme o roteiro da estória, e deverá levar os acontecimentos da introdução até o fim. Se for um livro técnico, cada capítulo deverá abordar um aspecto do assunto, observando-se o conhecimento cumulativo que necessita ser apresentado antes do capítulo seguinte para que o leitor tenha um bom entendimento;

• Terminada a elaboração dos capítulos, escreva notas detalhadas em cada um deles, de modo que posteriormente você saiba exatamente o que deverá ser trabalhado ali. Isso vai dar alguma substância ao esqueleto que você criou;

• A partir de agora você deve evitar todas as distrações. É chegado o momento de arregaçar as mangas e escrever.Você deve se dedicar apenas ao seu livro nos próximos dias;

• Nesta fase a sua meta é obter um esboço do livro. Você não deve dar atenção especial à ortografia, gramática ou estrutura das frases que estiver escrevendo. Deve apenas colocar a idéia no papel (ou no computador, no caso). Este trabalho será editado depois, o importante aqui é obter um projeto bruto, escrever. Destaque trechos que necessitem maior pesquisa posterior e conclua o trabalho;

• Se você escrever duas páginas por hora, trabalhando oito horas por dia, terá 16 páginas ao final de um expediente. Ao final de sete dias, uma obra de 112 páginas estará escrita. Isso, convertido em formato de livro, onde o tamanho das folhas é menor, resultará em um livro de cerca de 220 páginas;

• Perceba que agora basta editar o seu texto colocando-o dentro das regras de gramática e ortografia, acrescentando o que for necessário e assegurando-se de tornar os parágrafos bem concatenados;

• Uma vez concluído o trabalho, se possível, peça a alguém que possua bom conhecimento de português para ler o seu livro e apontar possíveis correções para erros que muitas vezes passam despercebidos aos nossos olhos.

Agora que você já tem o seu livro pronto, é hora de escolher uma editora para publicá-lo. Nossa indicação, caso você encontre dificuldades nesse momento, é a editora Clube de Autores, que publica livros sob demanda sem custo algum para o autor.

Boa sorte!

6 comentários:

  1. são dicas valiosas, que sempre ajuda quem tem na mente a ideia, mais não sabe como executá-la.

    ResponderExcluir
  2. Gostei ^^
    Só não sei se consigo passar 8 horas por dia escrevendo.

    ResponderExcluir
  3. Comigo não funciona. Passar 8h por dia escrevendo direto, 2 páginas por hora? Nem em linha de produção o trabalho é tão pesado. No fim do dia, a pessoa está mentalmente esgotada. Também acho que esse método não deixa espaço para a imaginação fluir. Pode funcionar quando você tem um prazo para entregar um texto, mas eu prefiro meu jeito longo de produzir meus romances.

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a Minica. Até porque é dificil dispor de tantas horas por dia seguidamente. Agora, o que eu acho que realmente é bom de ser feito, são anotacoes randomicas, por isso sempre tenho ao alcance papel e caneta =)

    ResponderExcluir
  5. Olá Vikthor, boas as dicas que voce deu. Quando eu tenho uma ideia para um livro, eu tenho que coloca-la logo no papal. Entao deito na cama, coloco um musiquinha de fundo, geralmente musicas de gaitas de foles escoces, pois escrevo romances medieval que se passam na Escócia. Gosto de escrever primeiro no papel e depois passar para pc. As vezes passou o dia todo escrevendo, nao o dia todo, pois sou uma dona de casa, e tenho que cuidar da casa, das minhas filhas, ir ao supermecado, e tantas outras coisas que uma dona de casa tem que fazer, nesses intervalos eu descanço um pouco a cabeça e as ideias vem na mente rsrss. Escrevo a pouco tempo, mas já sinto uma grande mudança em minha vida, me sinto realizada. Já tinha plantado uma arvore, plantas, tenho tres filhas rsrss. So faltava escrever um livro. Estou realizada.

    Vikthor se puder segue o meu blog, ele é novinho.

    http://meusslivros.blogspot.com

    Abraços
    Cinha

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela iniciativa!
    muito bom o blog!
    Abraço!
    Alex Martines
    http://lexologia.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...